A internet é um território dos covardes ou está ampliando a liberdade de expressão ?

O milagre da internet revolucionou o meio tecnológico e transformou por completo o modo das pessoas se relacionarem entre si. Evoluindo cada dia um pouco, a internet vem se tornando uma plataforma na qual as pessoas abordam assuntos cada vez mais complexos e importantes, outras vezes um tanto quanto polêmicos, que as fazem querer dar sua opinião sobre o assunto.

Seja pela facilidade de se expressar, ou pela vontade do usuário de expor sua opinião e posição sobre determinado tópico, o universo virtual tem ajudado cada vez mais as pessoas a se posicionarem sobre os mais diversos conteúdos.

Ademais, a internet proporciona a seu usuário um ambiente de conforto e segurança, para que este se sinta à vontade em se expressar e compartilhar o que desejar.

A internet desperta até mesmo nos mais pacato cidadão os sentimentos mais torpes e primários. Escondido atrás da telinha do celular ou do computador, achando que nada acontecerá com ele, que não pode ser punido nem jamais terá que responder por seus atos (e palavras)

Por ser um universo mundialmente acessível, é um ambiente em que tudo o que é dito e mostrado fica ciente e arquivado por todos aqueles do globo que tiverem acesso ao conteúdo.

Logo, em relação a determinados assuntos considerados mais relevantes, certas pessoas possuem maior influência e é dada maior importância à sua fala pelo posicionamento que toma sobre o assunto.

Não obstante, tudo tem seu lado positivo e negativo e com o mundo virtual não é diferente. Apesar de proporcionar um engajamento e liberdade grande em relação ao que se é comentado nas plataformas virtuais, deve-se sempre ser levado em consideração o limite do que pode ser dito ou não.

Seu posicionamento é sua opinião pessoal e é embasado no que você considerou justificável, e na internet possivelmente encontrará outros com o mesmo ponto de vista que você. Porém, o que se é expresso deve se limitar sempre a uma opinião que não ofenda o próximo, que não exponha um preconceito ou ódio que possa comprometer outro usuário.

Quem lança palavras como se fossem granadas, mais cedo ou mais tarde, vai sentir o efeito delas na própria boca. É nefasta a maneira como estamos ocupando o ciberespaço. Virou terra de ninguém.

Se não somos capazes de respeitar o interlocutor minimamente e dialogar com ele como quando estamos numa mesa de bar, em nossa casa ou num elevador , então é urgente estabelecer e impor regras de convívio.

Isso porque, qualquer documento escrito se torna imutável e, portanto, uma prova legal. Dessa forma, caso você exponha sua opinião na internet de modo ofensivo, aquele documento escrito em seu nome se torna uma prova contra você, ainda que tudo tenha passado de um mal-entendido.

Outro ponto, é o linchamento digital que ocorre em cima de muitas pessoas que se expressam mal, ou mesmo fazem uma brincadeira de mal gosto na internet. Mesmo que depois você exclua a postagem feita, muitas pessoas tiram printscreen e depois divulgam aquela postagem em público para te ferir.

É necessário considerar que a maior parte dos assuntos discutidos nas diversas redes digitais é pautada pela televisão e claro que não podemos esquecer que a mídia tradicional, na busca incessante vender o sensacionalismo e não vender jornalismo, é a maior criadora dos linchamentos digitais. Usando sempre com alegação da liberdade de impressa.

Vale salientar que o ser humano é facilmente influenciado, formando sua opinião sobre determinada coisa em cima do que lhe foi mostrado, levando em consideração seus costumes e seu modo de pensar.

Em suma, a internet é um ambiente que proporciona as pessoas a se posicionarem e expressarem uma opinião acerca dos assuntos. Seja sobre política, religião, economia, moda, música ou qualquer outro assunto que possa ser abordado pelas vias virtuais, a liberdade que o usuário tem virtualmente de se expressar e dizer o que quer faz com que ele tenha ou crie opiniões bem definidas sobre as coisas.

Sabe-se ainda que, a imprensa realiza um papel de extrema importância no que diz respeito a formação das pessoas, principalmente no modo de pensar devido a sua grande transmissão de informações. O excesso deste papel informativo invés de ser algo educativo, acaba ficando em segundo plano, tornando-se assim um sistema de obtenção de lucro pelos meios de comunicação e pouco preocupado se linchamento digital ocorra.

Essa liberdade, contudo, deve se limitar a uma opinião parcial, que não agrida ou ofenda outras pessoas e nem sua imagem. Pois a partir do momento que há uma expressão de ódio, a internet deixa de ser um instrumento de liberdade de expressão baseada do livre-arbítrio do compartilhamento e passa ser utilizada como arma de expressão de ódio, prejudicando o meio social que se insere.

Be fair and keep going

Antônio Araújo Júnior

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s