9 dicas para você realizar um planejamento estratégico para sua empresa ou escritório de advocacia!!

Para empreender, definir uma estratégia para sua empresa ou negócio jurídico é imprescindível. Este é o momento de avaliar os resultados obtidos até então e traçar novos objetivos para o futuro ou se estiver no começo, sugiro “perder” tempo agora e fazer um planejamento ao invés de perder dinheiro mais na frente.

Normalmente, as empresas mais maduras fazem esse trabalho de planejamento estratégico durante o fim e o início de cada ano, que é o melhor período para repensar os resultados do ano anterior e os objetivos para o que está por vi.

No entanto, os escritório de advocacia deixa está regra de lado e começa o ano deixando o vento levar seus objetivos. Lembrando aos advogados de plantão, que o vento pode lhe levar para o “oceano azul” como pode lhe levar para “a praia a deriva”.

E quem não conhece a estória de Alice no país das maravilhas? Sem sombras de dúvidas é uma das obras literárias mais conhecidas no mundo inteiro. Walt Disney é um dos responsáveis pela sua popularização. Mas o que pouca gente sabe é que o romancista, poeta e matemático britânico Charles Lutwidge Dodgson é o seu autor.

Voltando à estória de Alice no país das maravilhas, há um trecho na obra onde Alice está perdida e encontra o Gato em cima de uma árvore. Ao vê-lo, surge o seguinte diálogo:

– O senhor pode me ajudar? Diz Alice.

– Claro. Responde o Gato.

– Para onde vai essa estrada?

– Para aonde você quer ir?

– Eu não sei. Estou perdida.

– Para quem não sabe para aonde vai, qualquer caminho serve.

O autor filme, é aquele que determina aquilo que vai acontecer. Na ficção ou na vida real. Só que muitas vezes não nos damos conta disso: deixamos de ser o autor da nossa própria história.

Pensando nisso e depois de uma conversa com uma amiga Advogada(E.Q.), fiz este artigo para que ela entenda a importância de um planejamento estratégico para uma empresa de advocacia.

Então vou pontuar os principais aspectos que devem constar no seu planejamento estratégico e como implementá-los e ainda, sobre a importância do planejamento para o sucesso de um negócio.

Ficou interessado? Então, continue acompanhando!

Por que o planejamento estratégico é importante?

Sabendo para onde se quer chegar, todos os outros passos podem ser definidos: a melhor alternativa de rota, o que e como levar a bagagem, a velocidade a ser desenvolvida, o momento no qual se deve dar mais atenção ao percurso, etc. Um verdadeiro plano de voo com direito a ponto de partida e de chegada e inclusive a mudanças de rota para atingir, mais seguramente, o seu ponto de destino.

Desta forma o planejamento estratégico descreve onde a companhia deve chegar. No entanto, como todos os outros “planos de viagem”, sem saber para onde quer ir, deve-se criar os detalhes sobre como chegar. O planejamento estratégico define para onde a empresa está se dirigindo.

O que determina a importância do planejamento estratégico é o impacto de toda a organização nas decisões. Ele fica acima e cumpre o papel de informar todos os outros planos da organização. É, portanto, uma espécie de mestre condutor de todos os planos de ação.

Também é preciso dizer que o planejamento estratégico pode fornecer uma orientação estratégica global para a gestão da organização e dá uma direção específica para áreas como finanças, marketing, desenvolvimento organizacional e recursos humanos, entre outras, para alcançar o sucesso de um escritório.

Esses outros tipos de planejamento, alguns dos quais são confundidas com o planejamento estratégico, são destinados a partes da organização, ou funções específicas e processos. Todos esses outros tipos de planejamento devem ser guiados por ele.

Qual é o momento ideal para planejar?

O planejamento estratégico é um momento de reflexão, de discussão, avaliação e direcionamento dos rumos do negócio. Por isso, esse período que costuma abranger de dezembro a fevereiro é o mais indicado para fazer um “checkup” da companhia e determinar metas para o ano que está por vir para os novos negócios poderá ser a qualquer tempo.

No planejamento estratégico são avaliados os pontos fortes e fracos da empresa, a concorrência, as oportunidades de negócio, as lições aprendidas, etc. Depois de fazer estas avaliações, o planejamento deve se desdobrar em planos de ação e projetos práticos.

Ou seja, deve-se definir o que será feito, quando, por quem e com quais custos. É aí que o final do ano e o início do novo ano são as melhores datas para que o corpo executivo faça o planejamento estratégico.

No que consiste um bom planejamento estratégico?

O objetivo do processo de planejamento empresarial é alcançar um consenso entusiástico entre os altos executivos da empresa para um punhado de decisões que eles têm de tomar a fim de colocar o negócio em uma posição forte para enfrentar o ano. Assim, existem alguns aspectos fundamentais a serem considerados. Veja só esse 9 passos que listamos para vocês!

1. Coloque tudo no papel

Reúna a equipe executiva(ou sócios) para refletir, discutir as lições aprendidas, dar ideias, etc. Comece colocando tudo no papel, relembrando qual é a missão, os valores e a visão da empresa. Reforce sua importância no mercado, desde a ideação até o plano final, tudo deve ser documentado.

2. Defina os atores envolvidos

Reúna todos os decisores e trace suas participações nas decisões dos rumos que a empresa deve seguir para o próximo ano. Observe quais profissionais se destacaram em cada função e procure delegar tarefas que potencialize as capacidades de cada membro da equipe.

3. Reúna informações-chave

O próximo passo é reunir o máximo de informações relevantes que possam servir como base para as decisões. Isso perpassa o desempenho no ano anterior, as oportunidades perdidas, como o mercado está se movimentando, como está a concorrência e como está a produtividade da equipe. Também engloba os investimentos que precisarão ser feitos em recursos humanos, financeiros, entre outros.

4. Avalie (e pivot se necessário) o comportamento do seu público-alvo

O mercado é o que podemos chamar de “líquido”, ou seja, está em constante mutação. No que diz respeito ao público e seus anseios e necessidades, essa realidade é ainda mais marcante. Constantemente os padrões de consumo e comportamento são reinventados e influenciados por novas tendências.

Por esse motivo, pesquise a fundo quais campanhas estão trazendo melhores (ou piores) retornos para cada tipo de cliente. Feito isso, invista no que está dando certo para que os resultados sejam ainda melhores e, sobretudo, corrija as falhas das campanhas improdutivas.

5. Defina metas claras e métricas para avaliar os resultados

Também os objetivos devem se transformar em metas a serem alcançadas — essas metas devem ter prazos bem definidos.

Como será medido o alcance destas metas? É importante definir métricas, ou seja, estratégias para mensurar a qualidade e quantidade dos resultados em relação ao que deve ser atingido.

6. Fomente o engajamento dos seus funcionários

Pouco (ou nada) adianta contar com recursos e produtos de qualidade, ter o mercado propício para a ascensão do negócio ou já ter visibilidade de marca, se os seus funcionários não vestem a camisa da empresa — e, nesses casos, a responsabilidade é geralmente da falta de uma política efetiva de valorização do funcionário.

Portanto, não se esqueça de observar e valorizar todos os talentos que se destacaram ao longo do ano e, ainda, busque estabelecer um diálogo construtivo com aqueles que demonstram insatisfação. Mostre para seus colaboradores que eles são, sim, reconhecidos e enaltecidos por suas capacidades e trabalho.

7. Explore suas potencialidades

Com os resultados obtidos nas avaliações das métricas e resultados, procure determinar quais são os principais diferenciais da sua empresa. Com isso, você poderá convergir seus esforços para investimentos e planejamentos mais bem-sucedidos.

Se, por exemplo, sua marca faz mais sucesso entre o público do que a concorrência direta, você pode potencializar isso ainda mais com campanhas que fomentem o desejo do consumidor. Para isso, também é muito importante avaliar a sua concorrência e buscar fazer frente no que ela é omissa.

8. Invista em novas tecnologias

Durante o planejamento estratégico é o momento certo para considerar e começar implementar novas tecnologias ao seu negócio. Diante de um cenário de transformação digital em que os mais diversos setores estão mudando todos os aspectos de seus negócios, sua empresa não pode ficar para trás. E com esse processo já no seu planejamento, seu negócio terá muito mais controle dos objetivos ou resultados.

Tecnologias como Inteligência Artificial (IA), Machine Learning, chatbots, Big Data, entre diversos outros. É importante contar com um parceiro especializado e que dê o seu suporte que seu negócio precisa para conquistar mais.

9. Organize e coloque em prática

Depois de tudo isso, vem a parte mais difícil: transformar o planejamento estratégico em planos de ação para cada departamento da empresa. E é nesse ponto que o pensamento sistêmico entra em ação, mais isso será tema para um próximo artigo.

Para finalizar, é também imprescindível refletir que a relevância do planejamento estratégico não vem do grau de controle ou supervisão, ou do nível de instrução detalhada que inclui, mas das decisões que ele representa.

E para colher os frutos se faz necessário plantar: é uma ordem natural. Então, aprenda a preparar o terreno para semear, a cuidar do desenvolvimento da sua árvore, para finalmente saborear os frutos. Os melhores frutos. Creia: eles estão lá, esperando por nós.

Pronto, entendeu a importância de fazer um planejamento estratégico(E.Q)?

Agora para realizar isso precisamos dedicar nossas mentes e tempo para criar uma empresa com DNA boutique diferenciado !

Compartilhe minhas dicas e artigos nas redes sociais e divida com outras pessoas essas informações!

Let’s plan and keep going

Antônio Araújo Junior

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s